Contexto


Sinônimo

Sigla

Tipo de Fonte

Fonte

Significados

  • LIVRE ACESSO

Artigo técnico / 2017

Faecal sludge treatment and reuse system in Mahalaxmi Municipality, Nepal

Dangol, Bipin; Rajbhandari, Reetu

 

Resumo

Trata da implementação e avaliação da performance de estação de tratamento de lodo fecal, para lidar com lodo proveniente de latrinas temporárias instaladas em assentamentos emergenciais no Nepal.
 

Ficha técnica

  • TIPO DE PUBLICAÇÃO
    Artigo técnico
  • TIPO DE ATOR
    Academia
  • IDIOMA
    Inglês
  • AUTORES
    Dangol, Bipin; Rajbhandari, Reetu
  • ANO DE PUBLICAÇÃO
    2017
  • LIVRE ACESSO?
    Sim
  • FONTE
    Journal of Environment and Public Health
  • Acesse aqui o site no qual o artigo foi publicado
 

Questões enfrentadas

- Nepal

- tratamento de lodo fecal proveniente de latrinas emergenciais

- Tratar lodo fecal proveniente de latrinas emergenciais instaladas para atender um assentamento de desabrigados por terremoto
 

Soluções empregadas

As ações aplicadas são voltadas aos seguintes aspectos:

- Soluções e tecnologias estruturais

Soluções e tecnologias estruturais:

O sistema de tratamento proposto no estudo é composto por tanque de recebimento e deságue do lodo. O tratamento do lodo é realizado por biodigestor seguido de tanque de estabilização e leito de secagem. O tratamento da água residual é realizado por Tanque séptico compartimentado (ABR) seguido de Filtro anaeróbio e filtro de pedra plantado. A água Efluente ao sistema é coletada em tanques e usada na agricultura local.
 

Resultados

Após 271 dias de operação, o sistema apresentou uma boa performance, com remoção de 86% da DQO, 50% de sólidos totais e 96% do nitrato.
Os autores destacam ainda a percepção de benefício sentida pela comunidade local e uma disposição a pagar pelos serviços.
É ressaltada a necessidade de planejamento de unidades que tratem os lodos fecais provenientes de assentamentos temporários implementados em casos de catástrofes naturais.
 

Desafios

O estudo percebeu baixa produtividade de gás na planta instalada, com recuperação média de 50% do potencial teórico.