Contexto


Sinônimo

Sigla

Tipo de Fonte

Fonte

Significados

  • LIVRE ACESSO

Estudo de caso / 2015

GIZ's Experience in water and sanitation sector in Latin America

Pavía Santolamazza, Daniela; Gerhardt, Cornelia; Rosenauer, Michael

 

Resumo

Aplicação de três estratégias para a melhoria dos serviços de saneamento.
 

Ficha técnica

  • TIPO DE PUBLICAÇÃO
    Estudo de caso
  • TIPO DE ATOR
    ONG especializadas
  • IDIOMA
    Inglês
  • AUTORES
    Pavía Santolamazza, Daniela; Gerhardt, Cornelia; Rosenauer, Michael
  • ANO DE PUBLICAÇÃO
    2015
  • LIVRE ACESSO?
    Sim
  • FONTE
    Biblioteca Virtual de la Cooperación Alemana
  • Acesse aqui o site no qual o artigo foi publicado
 

Questões enfrentadas

- América Latina: Bolívia, Peru e Nicarágua.
- Países dessa região passam por dificultades semelhantes quanto a universalização dos serviços de água e Esgotamento Sanitário.
- O serviço não tem uma cobertura abrangente e em alguns lugares a qualidade é questionável. Quando é implementada alguma política pública, esta tende a fracassar devido à falta de dados, serviços descentralizados, principais stakeholders lutando por interesses próprios.
 

Soluções empregadas

As ações aplicadas são voltadas aos seguintes aspectos:

- Planejamento
- Políticas Públicas

Políticas públicas:

Bolívia: o programa PERIAGUA está sendo atualmente realizado através da aplicação das diretrizes da abordagem Sócio-Politica, trabalhando no nível operacional.
Peru- desenvolveram 2 programas: 1. PROAGUA- reforma nos serviços de saneamento II e PROACC que foi uma parceria do GIZ com o setor privado- desenvolvimento de um modelo de governança para a gestão de recursos hídricos.
Nicaragua- existe o programa PROATAS que apoia a estratégia de fortalecimento institucional.

Planejamento/ metodologias:

Foram definidas três abordagens para a linha de trabalho: a primeira abordagem é socio-política: 1. promover o empoderamento dos cidadãos e políticos, 2. investir em saúde, meio ambiente, cultura e educação, 3. fortalecer a relação entre governos e prestadoras de serviços. A segunda abordagem refere-se ao sistema de desenvolvimento de capacidade: 1. desenvolver a capacidade técnica, 2. Estruturação. Por fim, a terceira abordagem é relativa à Governança e Governança Corporativa.