Projeto cisternas e saneamento em escolas do município de Barra, BA

2018

cisterna-comunidade-nova-uniao-ias-projeto-barra-5fb3c8b6ce1ec.jpeg">
Cisterna da comunidade de Nova União, Julho 2019 / Foto: Cipó comunicação interativa


O projeto “Cisternas e Saneamento em escolas do município de Barra (BA)” vem sendo desenvolvido desde 2018, por meio de parceria entre a Associação Bem-Te-Vi Diversidade e a Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), com apoio técnico e de mobilização do IAS. Esta parceria surgiu para ajudar a aprimorar o processo de replicação de cisternas no semiárido.

Por meio dele, está sendo viabilizada a construção de cisternas de 52.000L em 40 escolas da zona rural do município. Destas, oito receberam também sistemas pilotos de tratamento e reuso de esgoto, baseados em soluções acessíveis e com métodos construtivos definidos em colaboração com os cisterneiros já atuantes junto à ASA e o Centro de Assessoria Assuruá (CCA), parceiro local da ASA. 

O IAS tem apoiado a iniciativa tanto em âmbitos gerais de planejamento e mobilização, como no estudo, desenvolvimento e implementação das soluções junto aos agentes locais, aprimorando o processo de captação e aproveitamento de água pluvial e implementando uma solução de baixo custo de esgoto, adaptada à realidade local.

Além dos sistemas estruturais implementados, os esforços incluíram atividades de engajamento e capacitação de atores-chave do município, assim como de representantes locais de cada comunidade. O objetivo é fomentar a autonomia local para a extensão das soluções empregadas. 

A iniciativa concluída em 2019 constitui a primeira etapa de um processo de construção de sistemas comunitários de saneamento, incorporando, além do abastecimento de água, soluções locais de manejo de esgoto doméstico. A etapa seguinte prevê a replicação das soluções individuais de esgoto para os domicílios, e a implementação de um sistema de gestão comunitária do saneamento.

Saneamento Inclusivo Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional